Na mídia

O que é a DTM?

06 maio | 2019

     

 

Você já ouviu falar em DTM? Ou então ATM? Nenhum dos dois? A articulação temporomandibular e sua disfunção possuem termos complexos, mas apesar disso eles estão presentes na rotina de muita gente. Curioso para descobrir mais sobre esse tema? Continue a leitura desse artigo!

 

O que significa a sigla DTM?

Como ATM é a abreviatura de articulação temporomandibular, DTM se refere às Disfunções Temporomandibulares. Essas articulações são as responsáveis por conectar a mandíbula e o osso temporal do crânio, e todos os problemas que afetam essa área de músculos e ligamentos é conhecida como DTM.

A ATM é quem permite a realização dos movimentos da nossa boca, como o abrir e fechar, falar, mastigar e engolir. Quando anomalias surgem e atrapalham o funcionamento dessas articulações, pode-se dizer que o paciente sofre com DTM.

 

Quais são suas causas?

Diversos elementos podem facilitar ou colaborar no surgimento de anormalidades na região, sendo que em muitos casos sua causa permanece desconhecida. Entretanto, algumas situações são relevantes no aparecimento da doença, como: traumas físicos na mandíbula, ranger os dentes frequentemente, roer unhas, estresse, o hábito de mascar chicletes e até mesmo predisposição genética.

Existem também alguns fatores de risco em relação a doença. Por mais que ela possa atingir qualquer pessoa, foi observado que ela é mais comum entre as mulheres na faixa dos 20-40 anos. Além de surgir a partir de certos hábitos de risco: quem tem uma má alimentação, uma má postura que afete os músculos da face e pescoço, quem tem poucas horas de sono e quem vive em constante estado de estresse, está mais propenso a desenvolver a DTM.

 

Sintomas

A DTM pode apresentar muitos sintomas, o que atrapalha na identificação do problema e diagnóstico preciso, já que a doença tem sinais que podem indicar outras patologias e confundir o paciente. O ideal é procurar orientação de um dentista que irá realizar exames apropriados de acordo com o quadro clínico de cada um.

Mas você pode ficar atento aos sinais mais comuns e perceber se precisa ou não correr até o consultório do seu dentista. Os sintomas mais recorrentes são:

 

  • Dores fortes de cabeça (similares às enxaquecas);
  • Dor em volta das orelhas durante a mastigação;
  • Dificuldade para abrir ou movimentar a boca;
  • Dores de ouvido;
  • Dor e/ou pressão atrás dos olhos;
  • Cansaço nos músculos do rosto;
  • Mandíbula “travando” ou fazendo estalos;
  • Dores ao bocejar;
  • Face inchada.

 

Como tratar a DTM?

Não existe cura para a DTM, ela só pode ser tratada e contida, sendo que quase sempre a forma de tratamento vai depender da sua causa. Por exemplo, se o fator que está causando a doença é o estresse, buscar o relaxamento dos músculos e evitar situações e hábitos estressantes podem ser a resposta.

A dor pode ser contornada através de um relaxante muscular ou fármacos como analgésicos ou anti-inflamatórios. Também pode-se aplicar compressas frias ou quentes, ou técnicas como agulhamentos e infiltrações nos músculos. Os que sofrem com o ranger de dentes, a utilização de um protetor bucal noturno pode ajudar no travamento da mandíbula.

Em casos mais graves, quando a mandíbula foi gravemente afetada e nenhum outro tratamento obteve resultado após diversas tentativas, o profissional dentista pode indicar uma cirurgia na ATM.

 

 

Formas de prevenção

A mudança de alguns simples hábitos já podem influenciar na prevenção de um quadro de DTM. Boa alimentação e uma vida saudável com menos ocorrências de estresse, trazem como resultado menos tensão e menos enfraquecimento das articulações.

É aconselhado evitar ações que forçam a ATM, como morder algo muito duro ou apoiar a mandíbula com as mãos em excesso. Evite dormir de bruços, já que esse hábito pode estirar os músculos do pescoço e da mandíbula. Manter uma boa postura, com coluna ereta, também evita sobrecarregar a articulação – que sofre com a prática muscular inadequada.

 

 

Cuide da sua saúde

As visitas regulares ao consultório do dentista vão muito além de manter um belo sorriso: outros problemas podem estar interferindo em sua saúde sem que você perceba! A DTM pode ocorrer por diversos fatores, somente um profissional capacitado será capaz de diagnosticar a doença.

Com a ajuda do Dr. Sérgio Casarim sua vida vai estar livre dos problemas bucais. Ele possui vasta experiência em diversos campos da Ortodontia e oferece atendimento especializado, em uma clínica com equipamentos de alta tecnologia e precisão.

Agende uma consulta agora mesmo e conheça todos os tratamentos disponíveis!

< voltar

Posts Relacionados